Património artístico da Câmara Municipal de Sintra

Sala 2 . 1849-1910
|
Do Romantismo, com Sintra como pano de fundo, ao início da República
  |  

 

  Autor
José D'Ávila
(ver biografia)

Modalidade
Pintura

Técnica
Óleo sobre tela

Dimensões
39,6 cm x 50,5 cm

Datado
Sem data [séc. XIX]

Proveniência
MU.SA - Museu das Artes de Sintra

  Sem título

Paisagem sintrense, descortinando-se no topo da serra o Castelo dos Mouros e, 
ao longe, o Palácio da Pena. Ao centro, surge a vila de Sintra, com a igreja sobre a esquerda, destacando-se em primeiro plano, uma área de vegetação; sobre a direita, um casal de saloios conversa, com um cão deitado a seus pés.

Esta é uma das obras cujo cenário envolve um contexto regional não só arquitectónico e natural, mas também a própria presença humana, os saloios. Há aqui uma confluência clara do romantismo – traduzido pela paisagem idílica – com essa abordagem (ver obra de Cristino da Silva nesta mesma sala) de regresso à pintura no exterior, fora do contexto de atelier, e de apego às tradições – aqui descortinadas pelo trajar saloio do casal.

destaque-menu

bio-menu

mc-icon1tritao

Newsletter do Museu