Património artístico da Câmara Municipal de Sintra

Sala 2 . 1849-1910
|
Do Romantismo, com Sintra como pano de fundo, ao início da República
  |  

 

  Autor
Paco Sancha

Modalidade
Pintura

Técnica

Tinta da china
e guache sobre papel


Dimensões

10,9 cm x 8,1 cm

Datado

1901

Proveniência

Casa-Museu de Leal da Câmara

  Leal da Câmara

Retrato de Leal da Câmara, em forma de caricatura, onde surge de fato e chapéu pretos, luvas brancas, com um grande laço, uma pasta de desenhos debaixo do braço esquerdo e bengala na mão direita. O rosto aparece muito distorcido, com o queixo proeminente à sua direita e o nariz na direcção contrária; de realçar os olhos muito grandes e o facto da cabeça desproporcional dar a sensação de ser um homem "atarracado".

Este deverá ser, certamente, dos retratos com datação mais antiga de Mestre Leal da Câmara que podemos encontrar na Casa-Museu. À data desta caricatura, Leal começava a viver os melhores e mais reconhecidos anos da sua carreira, em Paris. Sancha captou neste seu retrato o homem sério e vertical, na roupa, na bengala, e, ao mesmo tempo, acutilante: note-se o olhar irónico, mordaz, figura quase atarracada e inofensiva, mas que trás na pasta de desenhos a sua eficaz arma: a caricatura.

destaque-menu

bio-menu

mc-icon1tritao

Newsletter do Museu