Património artístico da Câmara Municipal de Sintra

Sala 2 . 1849-1910
|
Do Romantismo, com Sintra como pano de fundo, ao início da República
  |  

 

  Autor
António Carneiro
(ver biografia)

Modalidade
Pintura

Técnica
Óleo sobre tela

Dimensões
50,4 cm x 30,3 cm

Datado
1905

Proveniência
MU.SA - Museu das Artes de Sintra

escala
  Maria Josefina em 1905

Representação de uma menina em pé, descalça e encostada a uma parede ou muro. O braço direito descai acompanhando o corpo, enquanto que o esquerdo, arqueado, apoia a mão sobre a cintura. A personagem veste uma blusa de cor clara, de mangas compridas, com dois botões fechados no decote e saia vermelha comprida com atilho à cintura.

A presente obra, não tanto pelas dimensões, mas sobretudo pelo tratamento pictórico, deve ter sido um estudo do pintor e, a menina, é efectivamente um retrato da filha do pintor, Maria Josefina, em 1905. O local é Leça da Palmeira, estância balnear eleita pelo pintor para as férias de verão.
Carneiro privilegiou os familiares, principalmente os femininos, como modelos ao longo da sua carreira; é desta forma que regista, ao longo do seu crescimento, a filha. Uma destas obras, com a retratada ainda mais nova, com cerca de 3 anos, é o que está em exposição no Museu Soares dos Reis, no Porto.
A composição é equilibrada e de pose para o pintor; não é um momento captado do quotidiano, apesar de todo o contexto – o chão, eventualmente areia, e o facto da menina estar descalça – nos sugerir a informalidade do momento, porventura uma ida à praia. 

destaque-menu

bio-menu

mc-icon1tritao

Newsletter do Museu