Património artístico da Câmara Municipal de Sintra

Sala 3 . 1911-1930
|
Do advento da República aos finais da década de 20
    |  

 

  Autor
Leal da Câmara
(ver biografia)

Modalidade
Pintura

Técnica
Aguarela e tinta-da-china
sobre papel


Dimensões
54,3 cm x 38 cm

Datado
Sem data

Proveniência
Casa-Museu de Leal da Câmara

  O General Hindenburg

Caricatura do General Hindenburg, oficial do Exército Austro-Húngaro, durante a 1ª Guerra Mundial. A figura, de grande porte, surge-nos com uma gabardine militar, grandes botas altas com esporas e ostentando ao pescoço uma cruz de guerra. A cabeça, bastante desproporcional em relação ao corpo tem, no topo, o que parece ser um prego; sobressaem, ainda, os bigodes imensos e espetados. Atrás, uma cerca de arame farpado.

De seu nome completo Paul Ludwig Hans Anton von Beneckendorff und von Hindenburg (1847-1934), foi um militar alemão temível para os Aliados na I Guerra Mundial. Em 1914 volta à vida militar para comandar, juntamente com o general Erich Ludendorff, as tropas alemãs. É desta época a acutilante e imponente caricatura de Leal da Câmara. O arame farpado é uma referência clara ao sistema de trincheiras pelo general germânico em Março de 1917, conhecido por "Linha de Hindenburg': e só vencido pelos Aliados um ano e meio depois, no fim da guerra. Mais tarde, Hindenburg será Presidente da então criada República alemã e, um ano antes da sua morte, nomeará Adolf Hitler como chanceler, tornando-se apenas uma figura sem importância do novo regime.

VER também sátira de Leal da Câmara ao belicismo alemão de então. ]

destaque-menu

bio-menu

mc-icon1tritao

Newsletter do Museu