Património artístico da Câmara Municipal de Sintra

Sala 3 . 1911-1930
|
Do advento da República aos finais da década de 20
  |  

 

  Autor
Júlio Fonseca 

Modalidade
Pintura

Técnica
Óleo sobre madeira 

Dimensões com moldura
59,5 cm x 45,5 cm

Datado
1918


Proveniência

MU.SA - Museu das Artes de Sintra

 

Sem título [auto-retrato]

Auto-retrato de Júlio Fonseca, em tons escuros, predominando o castanho. O artista, de barba negra, usa chapéu e fato e apresenta-se em pose, de braços cruzados. 

Est
a obra tem as características de um retrato clássico, a nível de composição, equilíbrio e pose.
O tratamento técnico é interessante e o contraste claro/escuro apelativo para o observador. É o investigador sintrense José Alfredo da Costa Azevedo que nos dá a conhecer o retratado, o próprio artista, uma vez que a obra em si não comporta qualquer indicação nesse sentido.
Fica ainda a curiosidade de Júlio Fonseca ser irmão de um outro artista autodidacta de Sintra, José Fonseca, canteiro no Palácio da Quinta Regaleira e autor de obras como a Fonte Mourisca em Sintra (Vila Velha) ou a estátua que está no topo da frontaria do antigo Casino, hoje Sintra Museu de Arte Moderna (Estefânea).

destaque-menu

bio-menu

mc-icon1tritao

Newsletter do Museu