Património artístico da Câmara Municipal de Sintra

Sala 5 . 1951-1960
|
Tradição e modernidade no pós-II Guerra Mundial
  |  

 

  Autor
Cândido Portinari

Modalidade
Desenho

Técnica

Lápis de carvão e de cor sobre cartão

Dimensões

36 cm x 40 cm

Datado

1955

Proveniência

Museu Ferreira de Castro

  Sem título

Aspecto do interior de um edifício, onde se encontra um conjunto de pessoas sobre a direita; à esquerda, no chão, podem distinguir-se alguns baús ou caixas. O jogo de luz e sombras é efectuado através de uma técnica de riscos.

Portinari é um dos artistas brasileiros mais conceituados do século XX e colaborou com Ferreira do Castro, ilustrando uma das edições d' "A Selva".
Esta obra fazia parte da colecção particular do escritor e tratou-se de uma oferta do artista.
Trata-se de uma possível representação de um conjunto de escravos num edifício, destacando-se a obra, pelos sugestivo e contínuo traçejar que em direcções diferentes confere enorme plasticidade a todo o conjunto.

destaque-menu

bio-menu

mc-icon1tritao

Newsletter do Museu